MICROAGULHAMENTO

O microagulhamento é um tratamento em que são usadas diversas agulhas esterilizadas e de aço cirúrgico, que pode inclusive estar dispostas em um rolo (que tem, em média, 200 agulhas), para facilitar sua aplicação. Esse rolo é aplicado na pele, provocando pequenas punturas, que aumentaram a vasodilatação, estimularão a formação de colágeno e também aumentam a absorção de alguns medicamentos direto na pele, o chamado drug delivery.
Dessa forma, o microagulhamento pode ser usado para diversos problemas de pele, como envelhecimento, flacidez, cicatrizes de acne ou queimaduras, estrias e manchas na pele (como o melasma, por exemplo).

É importante que o equipamento possua registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Essa certificação garante a qualidade do produto (em relação ao aço utilizado, número de agulhas, comprimento e diâmetro das agulhas etc), a esterilização do mesmo e dessa forma evita-se contaminações e complicações.

Como é feito o microagulhamento
O ideal é que microagulhamento seja feito no consultório médico ou odontológico ,pois requer uso de creme anestésico ou mesmo anestesia local, dependendo do comprimento de agulha utilizado, além de estar passível de complicações e riscos, que serão mais bem solucionados pelo médico e o dentista.

Profissionais que podem fazer
O microagulhamento deve ser feito por médicos, de preferência dermatologistas, cirurgiões dentistas com especialização na técnica.

Fontes
Prof. Levy Nunes (SP)

© 2019 - Clínica  Dra. Denise Trombini

  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social